Atendimentos eletivos adultos são reduzidos em 50% no Grendacc

Atendimentos eletivos adultos são reduzidos em 50% no Grendacc

Por conta da disseminação do coronavírus (Covid-19) e para garantir a segurança de pacientes, colaboradores e equipe multidisciplinar, o Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) reduziu em 50% o atendimento de pacientes adultos por meio do convênio firmado com a Prefeitura de Jundiaí. O que diminuiu, também em 50%, o repasse para a instituição.

Os atendimentos estão sendo realizados diariamente no hospital do Grendacc, no entanto, o número de consultas foi reduzido a uma média de 20 a 40 por dia e somente para pacientes com menos de 60 anos e que não apresentem qualquer comorbidade.

As Unidades Básicas de Saúde estão fazendo o agendamento das consultas normalmente. “Pedimos apenas que os pacientes liguem no Grendacc confirmando a consulta e, caso tenham alguma comorbidade nos avisem para remarcarmos quando a quarentena terminar e que neste momento permaneçam em suas casas”, solicita Ricardo Nóbrega, gestor de apoio administrativo do Grendacc.

“Nós estamos seguindo todas as orientações dos gestores de saúde tanto municipal quanto estadual e evitando aglomerações”, explica Nóbrega. Colaboradores e equipe médica estão usando equipamentos de proteção, tais como luvas e máscaras.  Vale ressaltar que a higienização, que sempre foi feita com muito cuidado, foi ainda mais reforçada.

Atualmente, o Grendacc oferece atendimento nas especialidades de dermatologia, cardiologia, gastroenterologia, vascular e reumatologia. E também realiza os exames de ecocardiograma, ecodoppler e teste ergométrico.

O atendimento continua normal para crianças e adolescentes em tratamento oncológico. No entanto, as consultas eletivas para crianças foram suspensas, assim como todas as cirurgias eletivas.

Doações

Além da redução de 50% na renda obtida pelo convênio com o município, o Grendacc também precisou suspender, temporariamente, bazares (inclusive o permanente) e todo o trabalho voluntário, bem como as festas, o que representa uma queda de 20% na renda da instituição. Portanto, mais do que nunca, o Grendacc precisa da ajuda da população de Jundiaí e Região para continuar cuidando das crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer.

É possível doar de várias formas: por depósitos bancários, pelo telemarketing (no número (11) 4815-8440 – opção 4 ), baixando o aplicativo do Grendacc no Play Store do celular ou por meio da Nota Fiscal Paulista.

 


 

Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.

Grendacc volta a atender pela Clínica Popular e convênios

Grendacc volta a atender pela Clínica Popular e convênios

A partir de hoje,  22 de abril, o Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) volta a atender adultos e crianças pela Clínica Popular e pelos convênios Saúde Bradesco, Medi Service e Unimed nas especialidades de fisioterapia, psicologia, nutrição e laboratório de análises clínicas.

Tal medida segue as orientações do último decreto municipal (número 28.970) de 17 de abril de 2020, que determina cuidados especiais, tais como o atendimento de um cliente por vez, de forma individual e com horário pré-agendado, a higienização frequente das mãos, além de manter os ambientes ventilados, redobrar o cuidado com a esterilização e o uso adequado dos equipamentos de proteção.

As consultas com a Equipe Multi da Clínica Popular podem ser agendadas diretamente no Grendacc e custam R$ 70,00. Pelos convênios os atendimentos devem ser agendados com os mesmos.

“Essa é uma forma de financiamento de recursos para o Grendacc, que passa por um momento difícil por conta da suspensão dos nossos bazares, festas e de todo o trabalho voluntário devido à disseminação do coronavírus (Covid-19),” comenta Katia Franciosi, gerente adjunta da instituição, salientando que todos os profissionais são altamente qualificados. “Vale lembrar que seguimos todas as orientações dos gestores de saúde para garantir a segurança de pacientes, colaboradores e equipe multidisciplinar.”

 

Doações

Devido à suspensão temporária dos bazares (inclusive o permanente), de todo o trabalho voluntário e das festas, o Grendacc teve uma queda de 20% em sua arrecadação, portanto precisa muito da ajuda da população de Jundiaí e Região para continuar cuidando das crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer.

É possível doar de várias formas: por depósitos bancários, pelo telemarketing (no número (11) 4815-8440 – opção 4), baixando o aplicativo do Grendacc no Play Store do celular ou por meio da Nota Fiscal Paulista.

 


 

Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.

Verci Butalo anuncia que deixará presidência do Grendacc após 25 anos

Verci Butalo anuncia que deixará presidência do Grendacc após 25 anos

“Eu já sentia que estava na hora de fazer uma mudança, afinal estou há 25 anos à frente do Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) e sinto que precisamos de alguém mais jovem, que tenha mais condições físicas de enfrentar essa jornada. Estou completando 76 anos neste mês de julho e vejo que chegou a hora de passar o bastão.” É assim, com a mesma sinceridade e serenidade de sempre, que Verci Andreo Butalo anuncia seu afastamento da presidência do Grendacc no ano em que a instituição comemora seus 25 anos de existência. “Mas não se preocupem, continuarei por aqui, atuando como voluntária e auxiliando no que for necessário”, afirma.

E quem assume seu lugar em 2021 na presidência da instituição é Isabela Bastos Cardoso, 41 anos, casada e mãe de dois meninos. Ela é formada em Engenharia de alimentos, especializada em Marketing e atua como consultora de marketing estratégico. Isabela iniciou sua jornada na instituição em junho de 2019, já como vice-presidente. “Me senti muito honrada com o convite, e ainda mais honrada agora em assumir a presidência. Sei que o desafio é muito grande, pois desde que viramos um hospital estamos enfrentando dificuldades financeiras”, declara.

Segundo Verci, ela sentiu que Isabela tinha uma vontade muito grande de fazer parte do Grendacc e ajudar a instituição desde que a conheceu, em 2017, quando fez um trabalho voluntário sobre marketing e captação de recursos. Então, em 2019, quando surgiu a vaga de vice-presidente, Verci não teve dúvidas e a chamou. “Ela aceitou na hora, plenamente consciente das dificuldades que a entidade estava passando.”

 

Planos para 2021

Para o próximo ano, Isabela pretende trabalhar no aprimoramento da profissionalização do Grendacc. “25 anos são um marco importante e precisamos investir ainda mais na capacitação do pessoal – tanto colaboradores como voluntários. Queremos que todos olhem para o Grendacc como uma empresa, então temos que ter uma estrutura de empresa”, explica.

De acordo com Isabela, é preciso perder a visão romântica sobre o Grendacc, afinal, trata-se de um hospital como todos os outros. “Ser uma instituição sem fins lucrativos não significa que não precisamos de investimentos, de capital de giro. Temos que ter uma reserva, principalmente para enfrentar momentos de crise como este atual”, afirma.

A vice-presidente conta que já está buscando novas parcerias para fortalecer a instituição. “Quero honrar sua história e também traçar um futuro cada vez mais profissional”, afirma Isabela, que sempre teve uma inclinação para trabalhos voluntários e desde que conheceu o Grendacc, em 2017, quando teve um linfoma, sentiu que queria fazer parte da instituição e contribuir para o seu trabalho na luta contra o câncer.


Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.

 

Cartilha Coronavírus

Informação é o melhor remédio contra o Coronavírus.

Clique nas imagens para ver nossa cartilha ou baixe o PDF clicando AQUI

Grendacc realiza teste rápido da Covid-19 a partir desta segunda-feira

Grendacc realiza teste rápido da Covid-19 a partir desta segunda-feira

A partir desta segunda-feira (dia 22) o Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) fará o teste rápido da Covid-19, o chamado IgG/IgM. O teste custa R$ 240,00 e deve ser pré-agendado via telefone (11) 4815-8440. As coletas serão feitas das 13h às 15h, de segunda a sexta-feira, e o e resultado será liberado em 30 minutos.

O teste rápido IgG/IgM é realizado pelo sangue e detecta a presença de anticorpos contra o vírus. É recomendado que seja realizado 7 dias após o aparecimento dos sintomas para evitar resultados falsos negativos. Vale ressaltar que o diagnóstico precoce é uma resposta adequada são essenciais para o controle eficaz em larga escala da transmissão da Covid-19.

O Grendacc fica na rua Olívio Boa, nº 99, Parque da Represa, em Jundiaí.

‘Memórias de Maiara’, que narra luta de mãe e filha contra o câncer, doará renda ao Grendacc

‘Memórias de Maiara’, que narra luta de mãe e filha contra o câncer, doará renda ao Grendacc

O livro “Memórias de Maiara”, escrito por Ereide da Costa Cruz, mãe da ex-paciente do Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer), Maiara, está à venda na recepção da instituição (rua Olívio Boa, nº 99, Parque da Represa) e pelo telefone (11) 4815-8440 por R$ 25,00. Toda a renda será revertida para o Grendacc e irá ajudar no tratamento de crianças e adolescentes com câncer, um sonho da jovem Maiara.

A obra é narrada por Ereide, de 46 anos, que conta o seu aprendizado diário durante a trajetória de vida e de luta de sua filha – desde quando chegou ao Grendacc, aos 14 anos, com um câncer em estágio avançado, passando por sua recuperação, alta, o ressurgimento da doença e sua morte, aos 19 anos, em janeiro de 2015. “Fiz esse livro para auxiliar outras mães que passam por essa situação tão delicada. Quero ajudá-las a se fortalecerem diante das dificuldades, a terem fé e, principalmente, a entenderem que a morte faz parte da vida, e não é o fim”, explica Ereide.

O outro objetivo é ajudar o Grendacc financeiramente, por isso toda a renda obtida com a venda do livro será revertida para o Hospital da Criança. De acordo com Ereide, na época em que fazia o seu tratamento Maiara sonhava em poder ajudar a instituição. Ela me disse: “Mãe, se o Rodrigo [Faro] vier até mim, vou pedir ajuda para construir o hospital do Grendacc, porque a gente sofre muito nos outros hospitais”, conta Ereide, enfatizando que o ator sempre conversava com a filha pelas redes sociais. Para quem não se lembra, Faro ajudou a jovem a realizar o sonho de ter uma festa de 15 anos por meio ONG “Make-a-Wish”.

“Escrever esse livro foi a forma que eu encontrei de realizar o sonho da minha filha”, explica Ereide. Segundo ela, desde o descobrimento da doença de Maiara passou a escrever num caderno tudo o que sentia e temia. Mas o deixou de lado após a morte da filha. Foi Verci Andreo Butalo, presidente do Grendacc, que a incentivou a terminar a obra e publicá-la. “O Grendacc sempre nos acolheu com carinho e cuidou muito bem da minha filha.”

Segundo Verci, este livro é o relato verídico de uma mãe que acompanhou dia após dia o calvário de sua filha querida em busca da cura para seu mal, que infelizmente não chegou a acontecer. “Maiara marcou sua passagem pela instituição de uma forma indelével, tanto para o corpo clínico quanto entre os pacientes que com ela estiveram dividindo espaço no ambulatório de quimioterapia”, comenta, lembrando que quando Ereide chegou ao Grendacc com o manuscrito sobre sua história não conseguiu ler. “Não conseguia relem¬brar tudo aquilo, uma vez que o óbito dela aconteceu poucos meses após o acidente que vitimou meu filho e eu sabia como ninguém a dor que essa mãe estava sentindo, por isso pedi a acadêmica Marilzes Petroni, para ler e colocar no papel a história que agora todos podem conhecer.”

A vice-presidente do Grendacc, Isabela Bastos Cardoso diz que a Instituição é muito grata a Maiara e sua família, porque esse livro conta também um pouco do que é o dia a dia do hospital e das famílias que são atendidas. “O livro é emocionante. A história da Maiara traduz a essência do propósito do Grendacc, que é o de valorizar a vida. É isso que fazemos, valorizamos a vida das nossas crianças proporcionando o acesso a um atendimento médico digno e conhecimento para minimizar os impactos doença”, diz Isabela.


Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.

 

Grendacc vai fracionar os R$ 2 milhões de verba em 7 meses e gastar com medicamentos e material hospitalar

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) vai fracionar em 7 meses a verba de R$ 2 milhões que recebeu na última semana da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, proveniente da emenda parlamentar do ex-deputado federal Miguel Haddad (PSDB). O valor de R$ 287 mil (mês) representa 23% dos gastos mensais do hospital. Esse dinheiro será usado na compra de medicamentos, gêneros alimentícios e dieta enteral, material de limpeza, material médico hospitalar, material de informática, gases, serviços médicos e manutenção. Ressaltando que essa verba não pode ser usada para quitar débitos anteriores da instituição, nem para pagar salário de funcionários.

Para Verci Andreo Butalo, presidente da instituição, a importância dessa verba chegar justamente nesse momento de pandemia é ainda maior. “O Grendacc já vinha caminhando com uma certa dificuldade, com dívidas a serem pagas e essa pandemia só agravou a situação. Nós agradecemos muito essa verba, mas é preciso salientar que esse dinheiro não resolve o nosso problema, vai nos ajudar apenas momentaneamente. Porque o câncer não para e a cada dia novas crianças são diagnosticadas com a doença, então precisamos das doações. Sei que está difícil para todos, mas doando um pouquinho é possível ajudar e fazer a diferença na luta contra com câncer”, diz Verci.

A instituição precisa de doações pois devido à suspensão de bazares, festas, queda nas doações feitas pelo telemarketing e também na redução do número de consultas eletivas provenientes de convênios houve uma queda de 25% na arrecadação mensal do Grendacc, cujos gastos chegam a R$ 1.200.000,00 por mês.

“Essa liberação da verba veio num momento muito crucial para o Grendacc. Por conta da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19) tivemos uma queda considerável na captação de recursos”, explica Isabela Bastos Cardoso, vice-presidente da instituição. “Essa verba, que será usada nos próximos meses, vai ser vital para continuarmos prestando atendimento às crianças com câncer. Esse é um excelente exemplo de parceria entre poder público, entidade e sociedade. A gente precisa de todo mundo para que o Grendacc continue funcionando bem e cumprindo a sua missão”, reforça Isabela.

Segundo o ex-deputado federal Miguel Haddad, não se pode abandonar instituições como Grendacc, que realizam um trabalho excepcional no tratamento de crianças e adolescentes com câncer. “Ajudarmos essas instituições é essencial para que a população, principalmente a de baixa renda, que não tem acesso aos hospitais particulares, tenha através do SUS um tratamento adequado, de qualidade, humano e que garanta conforto às crianças e seus pais”, diz Haddad.

 

Doações

É possível doar de várias formas: por depósitos bancários, pelo telemarketing (no número (11) 4815-8440 – opção 4 ), baixando o aplicativo do Grendacc no Play Store do celular ou por meio da Nota Fiscal Paulista.


O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.

 

Mães do Grendacc celebram data com fé e esperança

“Esse será o melhor Dia das Mães da minha vida porque estou com o meu filho e ele está bem e vivo”, conta Rosana Nunes da Silva, 46 anos, mãe do Enzo, de 5, um dos pacientes do Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer). O pequeno passou por um transplante de medula bem-sucedido no dia 19 de fevereiro, no Hospital do Câncer Infanto-juvenil de Barretos.

Apesar de estar longe dos outros dois filhos, Lucas, 13, e Pedro, irmão gêmeo de Enzo, e do marido, Rosana se diz feliz demais. E tem um recado para as mães que estão passando pela descoberta de uma doença tão difícil como o câncer, ou que estão no início do tratamento: “Tenham fé, muita fé. Creiam em Deus que Ele vai acolher, amparar e dar força. Sei que é difícil essa jornada, é uma luta diária e tem muito sofrimento, mas a gente não pode desanimar e a fé é importante demais nessa hora”, acredita.

Rosana descobriu que o filho tinha leucemia aos 2 anos. Ele passou pelo tratamento, melhorou, mas teve uma recaída. Depois de ficar 5 meses internado no Hospital da Criança do Grendacc ele fez o transplante e está respondendo muito bem ao tratamento. Enzo e Rosana estão em Barretos, morando numa quitinete alugada e vão ao hospital uma vez por semana. Completados 100 dias do transplante – em junho – poderão voltar para a família em Jundiaí.

A pequena Giovanna, de 5 anos, atualmente faz quimioterapia uma vez por semana, está na fase de manutenção, o que é motivo de comemoração para sua mãe Gislaine de Oliveira Passos, 34 anos. “Nossa vida mudou totalmente depois que descobrimos a doença da Giovanna (leucemia LLA E). Mas, por pior que seja, acredito que tudo é um aprendizado”, afirma, ressaltando que nenhuma mãe está preparada para ver um filho lutando contra o câncer. “Tenho muita fé em Deus e em Nossa Senhora Aparecida e isso me ajudou a enfrentar os piores momentos”, lembra.

Gislaine descobriu a doença da filha em agosto do ano passado, quando Giovanna ficou 21 dias internadas no Grendacc. “Agora ela está curada e vamos passar esse Dia das Mães em casa, com a família – o marido e o outro filho, Vinícius, de 2 anos.”

A mensagem de Gislaine para as outras mães é que tenham força e fé. “Precisamos confiar em Deus, fazer o nosso melhor e seguir lutando essa batalha diária.”

Daiane Vanessa da Cruz Pereira, 41 anos, mãe de Laura, 16, também paciente do Grendacc, diz que esse Dia das Mães vai ser um “presente de Deus”. Sua filha fez a última quimioterapia em junho e está em remissão desde novembro, depois de lutar contra um câncer no ovário e metástase no pulmão. Agora voltou para a escola e para as demais atividades cotidianas. “Mas me lembro dessa data no ano passado, quando estávamos passando pelas sessões de quimioterapia. Por isso, cada dia é de agradecimento.”

Para as mães que estão lutando ao lado dos filhos contra o câncer, Daiane diz que é preciso ter certeza de que tudo vai dar certo.  “Temos que enfrentar essa luta com alegria, de cabeça erguida, pensamento positivo e sempre pensar apenas na cura a única coisa a se pensar é na cura”, afirma.

Para Priscila Luana P. Pereira, 38 anos, este também será o melhor Dia das Mães de todos. Depois de enfrentar uma leucemia LLA, Kauan, de 6 anos, está muito bem de saúde e agora só vai ao Grendacc de 5 em 5 meses. Ele ficou doente com 2 anos, mas a família só descobriu a doença aos 3 e desde então tem sido uma batalha. “Nós mães temos que nos pegar firme com Deus, pedir pelos nossos filhos e confiar sempre. ”

“Nós aqui no Grendacc presenciamos no dia a dia a força de vocês, mães que lutam junto com seus filhos para superar o câncer. Neste momento tão delicado que vivemos gostaríamos de expressar a admiração que temos por todas e dizer que a busca por essa superação é a nossa motivação diária, razão da nossa existência. Estamos juntos nessa luta, juntos pelo futuro da vida! ”, afirma Isabela Bastos Cardoso, vice-presidente da instituição.


Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.

Dia de Doar é antecipado para ajudar entidades em época de crise

Dia de Doar é antecipado para ajudar entidades em época de crise

Por conta do difícil momento que vivemos pela disseminação do coronavírus (Covid-19) foi criado o Dia de Doar Agora, uma antecipação do Dia de Doar, que é realizado mundialmente no mês de dezembro. Este novo dia de doação e união vai ocorrer em 5 de maio e irá acompanhar o movimento global #GivingTuesdayNow.

 

A ideia é comemorar as doações já recebidas, mostrar como elas podem transformar vidas e engajar mais pessoas para que instituições como o Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer), que cuida de crianças e adolescentes com doenças hematológicas e oncológicas, tenha condições de continuar seu trabalho de excelência mesmo em meio à crise. O objetivo da data é promover a cultura da doação no Brasil e a expansão da generosidade.

 

Para Isabela Bastos Cardoso, vice-presidente do Grendacc, o ato de doar transforma. “Quando dedicamos algo de nós a uma causa ou alguém entregamos um pouco de nós mesmos a quem precisa. E recebemos o sentimento de satisfação e gratidão pelo privilégio de termos a condição de transformar o nosso entorno e, por consequência, transformamos a nós mesmos também.”

 

Por conta da pandemia causada pelo coronavírus o Grendacc perdeu 20% de sua renda devido à suspensão dos trabalhos voluntários, bazares e festas, mas o tratamento das crianças e adolescentes não pode parar, por isso cada doação, seja por meio da Nota Fiscal Paulista, de depósito bancário, pelo aplicativo do Grendacc (no Play Store) ou ligações no Telemarketing  (fone 11 4815-8440 – opção 4) são mais importantes do que nunca.

 

Verci Andreo Butalo, presidente do Grendacc, lembra que desde 2013 o Brasil participa do Dia de Doar, movimento que teve início nos Estados Unidos em 2012 com o objetivo de estimular a solidariedade através de doações. Ela ressalta que no Brasil o Dia de Doar em 2019 foi comemorado dia 3 de dezembro, mas esse ano foi antecipado para atender a emergência dos tempos conturbados que vivemos. “Nessa ocasião, todos aqueles solidários às causas sociais devem aproveitar para fazer sua doação às diversas instituições participantes. Afinal, sabemos que juntos podemos nos curar, ser parte da solução, fazer a diferença para alguém. Se você puder, mostre seu apoio. Fazer o bem faz bem! E, se você escolher o Grendacc para fazer sua doação, nossas crianças agradecem”, declara Verci.


Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995 que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.

Doe sua Nota Fiscal Paulista e ajude o Grendacc

Doe sua Nota Fiscal Paulista e ajude o Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) suspendeu os trabalhos voluntários e bazares em decorrência do coronavírus (covid-19) para garantir a segurança de pacientes, equipe médica e colaboradores, portanto teve uma queda de 15 a 20% em sua arrecadação.

Não houve, no entanto, alteração no atendimento a crianças e adolescentes com câncer. Atualmente, 20 estão em tratamento e outros 50 fazem acompanhamento no Grendacc. Por isso, mais do que nunca, a instituição precisa da ajuda da população de Jundiaí e Região para dar continuidade a esses tratamentos com a qualidade de sempre.

Uma forma do doar, sem mexer no bolso, é por meio da Nota Fiscal Paulista. Para isso você pode baixar o aplicativo da Nota Fiscal Paulista pelo Play Store do seu celular; ou o aplicativo do próprio Grendacc, que se chama Grendacc NotaBê, daí, basta fotografar a sua nota fiscal e pronto, doação feita.

Outra forma de participar é fazendo um cadastro no site da Receita Federal, assim, automaticamente, quando digitar o número do seu CPF em qualquer estabelecimento comercial, a nota fiscal vai direto para o Grendacc.

Veja como é simples:

1 – Acesse seu cadastro no site www.nfp.fazenda.sp.gov.br

2 – Na aba “ENTIDADES”, escolha “Doação de Cupons com CPF (automática)”

3 – Em “Pesquisa Entidade”, digite nosso CNPJ: 007973970001/94 e selecione a instituição

4 – Escolha o período da doação: trimestral, semestral ou anual

5 – Feito! Suas notas serão doadas automaticamente para o Grendacc.

“Acredito que as doações através da Nota Fiscal Paulista são uma forma bastante simples de contribuição, além de extremamente relevantes para a nossa instituição. Estão ao alcance de qualquer pessoa e não requerem nenhum desembolso financeiro”, diz Isabela Bastos Cardoso, vice-presidente do Grendacc.

Quem preferir pode colaborar com a instituição fazendo doações por meio do telemarketing ou depósito em conta.


O Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.