raiox1

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) acaba de receber, da empresária paulista Clarisse Aguiar Alvarez, a doação de um equipamento de Raios X portátil, que já está sendo utilizado no Hospital da Criança.

O Raios X portátil é indicado nas situações mais delicadas e até mesmo durante cirurgias, como já ocorreu na instituição, com resultado imediato, trazendo mais conforto para paciente e agilidade na avaliação das imagens que podem ser acessadas pelos computadores da UTI, Centro Cirúrgico, Ambulatório e Enfermaria.

De acordo com o técnico em radiologia Leandro Fernandes Toffoli, que é responsável por operar o equipamento, a aquisição é um grande avanço inclusive no que diz respeito à proteção do paciente que, por ser imunossuprimido, deve evitar se locomover pelas instalações hospitalares. “Uma criança na UTI, por exemplo, com todos os aparelhos que pode estar fazendo uso e com defesa baixa será imensamente beneficiada pelo nosso Raios X portátil que será levado até ela e que é inclusive um dos melhores disponíveis no mercado em nível de tecnologia”, explica o técnico.

Antes, contudo, o Grendacc também foi beneficiado pela ICON – Diagnóstico Médico por Imagem, que que fez uma parceria, disponibilizando à instituição o equipamento completo de Raios X fixo, também essencial para o funcionamento do Hospital da Criança. “Além disso também foi a ICON que intermediou a aquisição do aparelho portátil, para que conseguíssemos um preço bem mais acessível que o de mercado”, explicou o gestor médico dr. Marcelo Rizzatti, lembrando ainda que a diretoria da ICON é responsável voluntária pelo setor de radiologia.

“Graças a essas pessoas que se unem, como a empresária Clarisse que financiou a compra do equipamento e a ICON que nos auxiliou a conseguir o melhor preço possível, é que podemos acalentar o nosso sonho de manter o Hospital da Criança em funcionamento, oferecendo cada vez mais qualidade de atendimento”, declara a diretora-presidente da instituição, Verci Bútalo. Segundo ela, custear todas as necessidades dos pacientes tem sido uma luta diária. “É um esforço muito grande e já acumulamos uma dívida de pelo menos R$ 2 milhões”, lamenta ela.

Em funcionamento desde março, o Hospital da Criança do Grendacc ainda aguarda o credenciamento de sua UTI e Unacon, junto ao Ministério da Saúde. Somente com estas duas situações definidas é que a instituição poderá receber verbas federais. O repasse do SUS, no caso, seria em torno de R$ 200 mil, sendo que o custo mensal do Hospital é de R$ 1,3 milhão.

Grupo em Defesa da Criança com Câncer
Desenvolvido por Click Code

Em caso de emergência         (11)4815-8440